Resultados de busca

Pesquisa Secovi aponta aumento nas vendas de imóveis residenciais novos em São Paulo

Por Natasha Meneguelli em 26 de junho de 2020
| 0

A Pesquisa do Mercado Imobiliário da cidade de São Paulo, do Secovi (Sindicato de Habitação) demonstrou um resultado positivo em maio. A expectativa era de retração por conta da quarentena, mas ocorreu um aumento nas vendas de imóveis residenciais novos na cidade em comparação com o mês de abril. 

Apesar de a base de comparação ser pequena, o crescimento de 25,1% é relativamente satisfatório, principalmente considerando a manutenção do fechamento dos estandes de vendas e a adaptação da economia às condições impostas pela pandemia do COVID-19. “A maioria das empresas relata que a web prevaleceu em boa parcela dos negócios realizados, demonstrando importante avanço digital para empresas e clientes”, conta Celso Petrucci, economista-chefe do Secovi-SP.

Aqui na Apê11, com as nossas ferramentas, como a Proposta Digital, a Nova Home e a plataforma para os nossos corretores, o atendimento por meios digitais sempre foi parte do nosso cotidiano. Conseguimos manter a qualidade do nosso trabalho, que já usava a otimização tecnológica. 

Outro aspecto essencial foram as unidades econômicas. Elas tiveram participação significativa no mercado em maio. Do total de imóveis comercializados no mês, 64% se encaixavam nos parâmetros do programa Minha Casa Minha Vida. “Sem dúvida, o resultado reflete um dos acertos dos empreendedores, ao oferecer produtos com grande aderência junto ao público comprador”, analisa Celso Petrucci, economista-chefe do Secovi-SP.


mercado imobiliario em maio


Considerando o comportamento histórico, o segundo semestre do ano costuma concentrar o maior volume acumulado de lançamentos e vendas. Contudo, é difícil prever o comportamento do mercado imobiliário nos próximos meses. É sempre importante lembrar que a pandemia causa consequências atípicas e inesperadas. Exatamente por conta disso, há uma movimentação no sentido de tornar as taxas de juros para aquisição de imóveis mais acessíveis. 

O documento também aponta que a demanda por unidades residenciais continua mesmo com a quarentena. O posicionamento do setor é em relação à calibragem da Lei de Zoneamento e ao alinhamento dos PIUs (Planos de Intervenção Urbana) e Operações Urbanas como medidas de incentivo ao mercado imobiliário.

Porém, apesar da reação em termos de vendas, os lançamentos mantiveram a tendência de queda, tanto em relação a abril de 2020 (-17,5%) quanto a maio do ano passado (-44,0%).

Posts relacionados

novas medidas de financiamento imobiliario

Financiamento imobiliário: governo muda regr...

10 de junho de 2020

Se você pretende comprar uma casa ou apartamento por meio de um financiamento imobiliário, este pode ser o seu...

Continue lendo

financiamento imobiliario

Caixa anuncia novas medidas de incentivo ao ...

15 de abril de 2020

Entrou em vigor nesta segunda-feira, dia 13 de abril, um conjunto de medidas de incentivo ao financiamento...

Continue lendo

mercado de imoveis novos em janeiro de 2019

Pesquisa Secovi aponta efeitos da sazonalida...

13 de março de 2020

O mais recente relatório do Secovi-SP (Sindicato de Habitação) apontou efeitos da sazonalidade no mercado de...

Continue lendo