Home office: pandemia traz novas necessidades para escritórios em casa - Apê11

Home office: pandemia traz novas necessidades para escritórios em casa

Por Natasha Meneguelli em 28 de abril de 2021

A pandemia fez com que as famílias passassem mais tempo em casa. Por conta disso, novas necessidades relacionadas às nossas residências apareceram. Uma parte do imóvel de destaque é o home office, essencial para quem agora trabalha de casa. 

Este é o assunto da conversa da Apê11 com a arquiteta Cristiane Schiavoni, formada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo, e que atua na área de arquitetura, decoração e reforma.


Aumento da procura por reformas do escritório em casa

Com mais pessoas trabalhando de casa, a necessidade de um home office aumenta. A arquiteta Cristiane Schiavoni percebeu esse foco nos novos projetos, que agora pedem um escritório. 

“Uma cliente que eu atendi há 3 anos atrás, trocou de apartamento e agora precisa de 3 escritórios separados. Um para ela, um para o marido e um para o filho. No primeiro ela só tinha um”, contou a profissional.

Os pedidos para readaptar os espaços para escritório também aumentaram, já que agora as pessoas estão trabalhando muito mais horas dentro de casa. “No home office, a pessoa tem que trabalhar a mesma quantidade de tempo que no escritório, às vezes até mais, o que exige conforto e adaptações”.


O que um home office deve ter?

Cristiane apontou que o home office tem que ter tudo aquilo que está presente em um ambiente corporativo. Ou seja, que a estrutura seja reproduzida em casa. “Eu sempre levo em conta a ergonomia, se há profundidade para a mesa, qual altura é o ideal para ela”. 

Ter uma cadeira de trabalho de qualidade é outro pedido de ajuda comum entre os clientes, e ter espaço para a movimentação dela é outra das prioridades da arquiteta. 

“Iluminação também é essencial, tanto natural quanto artificial. A prioridade é sempre pela natural, que é melhor. Até escritórios de empresas dão essa prioridade agora, de ter janelas para entrada de luz”, explicou.


reforma pandemia
Foto por Carlos Piratininga.


Novas necessidades trazidas pela pandemia

As pessoas estão mais preocupadas com a qualidade do tempo que passam em casa. “Uma cliente com quem trabalhei há 10 anos, que não tinha mexido na cozinha na época, dizendo que nunca entrava lá, ligou pedindo o projeto para reformar”, descreveu Cristiane. 

O casal de clientes dispensou a funcionária que trabalhava para eles, começaram a cozinhar, e por isso surgiram novas necessidades. “Me ligaram dizendo que precisam de uma lava louça e de mais espaço, para duas pessoas. Se busca agora a melhoria de qualidade de todos os ambientes”.

Outro detalhe observado pela arquiteta é a mudança de imóvel. A cliente dos 3 escritórios com ambientes independentes trocou de um imóvel de 90m² para um de 160m². “Tem muita gente também procurando apartamentos pequenos porque passam mais tempo no interior. Eu tenho um cliente que comprou um novo imóvel, um studio de 30m², por conta do trabalho, que de quando em quando exige que eles voltem para São Paulo”, contou.


Por que a versatilidade é importante para a decoração dos imóveis?

A versatilidade é um dos aspectos que Cristiane Schiavoni coloca como prioritários para o presente e para o futuro. “Percebi que aumentou muito a dúvida do que fazer em relação à casa”, explicou. Antes ela observava dúvidas como se a cozinha ficaria melhor fechada ou em conceito aberto, que eram mais fáceis de resolver, de se tomar uma decisão sobre. 

“Agora há muita dúvida sobre o que será do futuro, se continuarão precisando do home office ou não. Sempre digo para os meus clientes que algo que agora fica muito mais presente, mais próximo, é a necessidade da casa ter mais versatilidade”, explicou a profissional. 

Ela dá um exemplo em relação ao quarto de hóspedes. Muitos clientes utilizam o cômodo apenas durante uma semana ou mês do ano, e ela sempre apresenta a possibilidade de o cômodo ser mais flexível, permitindo outras funções. “É fácil enxergar isso, de que a versatilidade é útil com ou sem pandemia”. 

A arquiteta também utiliza a própria casa para demonstrar o conceito. “Sempre tive escritório, mas aberto, no meio da sala. Eu trabalho bastante de casa, mas se recebo convidados, posso guardar o computador, organizar a mesa e utilizá-la para colocar algo para as visitas, por exemplo”.


Gostou do texto? Deixe sua avaliação!

ape11 na imprensa

Apê11 na Folha: Juros baixos e pandemia impu...

27 de abril de 2021

Leia na íntegra a reportagem da Folha de S. Paulo com participação do cofundador da Apê11, Leonardo Azevedo,...

Continue lendo

varanda gourmet

Como decorar a sua varanda gourmet?

21 de abril de 2021

A varanda gourmet traz valorização e várias vantagens para o seu imóvel. Com ela você tem um cômodo extra...

Continue lendo

decoracao geometrica

Decoração geométrica: 5 ideias para ter a su...

5 de março de 2021

Está pensando em utilizar a decoração geométrica em algum cômodo da sua casa ou para reformar o apartamento...

Continue lendo

Comece agora

Compre e venda casas e apartamentos de
um jeito simples, econômico e transparente.

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.