Estudo Apê11: Interesse por imóveis de alto padrão cresce no início de 2021 - Apê11

Estudo Apê11: Interesse por imóveis de alto padrão cresce no início de 2021

Por Natasha Meneguelli em 20 de abril de 2021

O número de interessados em imóveis de alto padrão cresceu no primeiro trimestre de 2021. A mudança de comportamento do mercado imobiliário tem influência de fatores como a baixa da taxa Selic e a pandemia. Entenda os principais resultados do Estudo Apê11 sobre o assunto.


Aumento da procura por imóveis de luxo

Os imóveis de luxo ou alto padrão tiveram crescimento na plataforma de busca de casas e apartamentos da Apê11. O aumento de interesse dos clientes foi representado pelo número de visitas a imóveis com preço de venda acima de R$ 1 milhão no primeiro trimestre de 2021 em relação ao último do ano passado. A alta foi de 36%, excluídos fatores sazonais, e também houve mudanças nos valores das propostas e nos pedidos de crédito.

No caso das propostas de compra e venda, o valor médio ficou estável, em R$ 730 mil. Contudo, o valor da maior proposta apresentada subiu 35% do primeiro trimestre versus o anterior. 

O estudo também apresentou resultados referentes ao financiamento. A representatividade de créditos solicitados acima de 1 milhão foi de 8,1% do total no primeiro trimestre de 2021. Houve crescimento de 54% em relação ao último semestre de 2020, com 5,3%. 

“O interesse é maior, mas obviamente a concretização depende de condições financeiras do potencial comprador, que podem ser disponibilidade de recursos ou crédito”, explica Leonardo Azevedo, cofundador da Apê11. 

Sobre isso, o perfil de maior sucesso nas vendas de imóveis novos, por exemplo, continua sendo o econômico e compacto. Este modelo de unidade residencial reflete as necessidades da capital paulista. De acordo com a Pesquisa do Mercado Imobiliário do Secovi-SP (Sindicato da Habitação), os destaques continuam sendo para imóvel de até 2 dormitórios, com área útil entre 30 m² e 45 m², e preços de até R$ 240 mil. 


imovel de alto padrao


Transformação nos cenários do mercado imobiliário

A pandemia trouxe medidas governamentais e econômicas que afetam as decisões da população em relação ao mercado imobiliário. A compra e venda de imóveis é uma forma de investimento bem vista em momentos de incertezas, já que seu perfil mais tradicional garante menos riscos em relação a mercados como o de ações, por exemplo. 

Além disso, a taxa Selic, que está consideravelmente baixa, incentiva a busca por crédito imobiliário, que consequentemente chega a juros menores. 

imóveis de alto padrão

Apê11 na imprensa: Pandemia, juro baixo e dó...

26 de abril de 2021

Leia na íntegra a reportagem sobre o aumento do interesse por imóveis de alto padrão, com participação de...

Continue lendo

secovi em fevereiro de 2021

Secovi aponta recorde de vendas para feverei...

14 de abril de 2021

A Pesquisa do Mercado Imobiliário do Secovi-SP (Sindicato da Habitação) apontou um recorde da série histórica...

Continue lendo

pesquisa secovi 2020

Pesquisa Secovi: 2020 supera os resultados d...

12 de fevereiro de 2021

A Pesquisa do Mercado Imobiliário do Secovi-SP de dezembro trouxe os resultados de 2020 em relação a 2019. Os...

Continue lendo

Comece agora

Compre e venda casas e apartamentos de
um jeito simples, econômico e transparente.

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.